O Museu Sherlock Holmes, em Londres

É com grande prazer que vejo o detetive SHERLOCK HOLMES ganhar destaque cada vez maior na mídia. Elementar, meu caro leitor!

Eu não preciso escrever muitas palavras para mostrar quanto gosto da obra de Sir Conan Doyle. Uma das provas é meu livro infanto-juvenil Aventura Alucinante, uma história de viagem no tempo que mistura personagens reais e fictícias. Sherlock Holmes é um dos protagonistas, vivendo a aventura com quatro jovens na Londres do século 19. O livro foi um sucesso pela Editora Saraiva, e agora está disponível na iBookstore (Apple) e na Kindle Store (Amazon).

Com essa “febre Sherlock Holmes”, multiplica-se, entre turistas, o interesse em conhecer o famoso MUSEU SHERLOCK HOLMES, em Londres, na própria BAKER STREET. Eu estive nesse cenário do Aventura Alucinante e agora mostro a você, por completo, como é uma visita ao local.

Respire fundo e embarque comigo em uma viagem com dezenas de fotos.

-

Estátua de bronze de Sherlock Holmes na rua.

Eu seguia a pé, à procura da famosa BAKER STREET. De repente… algo na calçada mostrou que eu estava muito perto do museu (ainda não era essa a rua). Detalhe: aqui, estou próximo do famoso Museu Madame Tussaud, aquele com bonecos de cera.

~

Eu e a estátua de bronze de Sherlock Holmes em Londres, perto do museu.

Um fã não poderia resistir! Certo? ;-)

~

Estátua de Sherlock Holmes na rua de Londres, vista mais de perto.

Mais de perto, em contraste com o céu de Londres.

~

Frente do pedestal da estátua de Sherlock Holmes em Londres

Pensou que gostaria de ler o que está escrito em cada face do pedestal? Vamos lá…

~

Esquerda do pedestal da estátua de Sherlock Holmes em Londres

~

Direita do pedestal da estátua de Sherlock Holmes em Londres

Observe, na parte superior esquerda desta foto, o reflexo de um daqueles famosos indicadores do metrô de Londres. É uma das saídas da Estação BAKER STREET.

~

Estação Baker Street, perto do Museu Sherlock Holmes, em Londres

Estação Baker Street: mais um sinal de que estamos perto do museu.

~

Esquina da Baker Street e pizzaria

Epa! Agora sim, Baker Street! Logo ali na esquina, após a estátua! Como era hora do almoço e a fome apertou, paramos para comer em uma pizzaria na própria esquina.

~

Esquina da Baker Street e pizzaria agora mais de perto

Mais de perto. Ver para crer. ;-)

~

Pizzaria onde comi na Baker Street

A pizzaria era esta, a poucos metros do museu.

~

Comércio local na Baker Street reflete o universo Holmes

OK, hora de andar. Saímos da pizzaria e seguimos caminho na Baker Street. O comércio local reflete o “espírito Sherlock Holmes”.

~

Comércio local na Baker Street reflete o universo Holmes 2

Mais do comércio local.

~

Sherlock Holmes Memorabilia na Baker Street

Na SHERLOCK HOLMES MEMORABILIA, compram-se muitos produtos relacionados com o Universo Holmes. Fãs não devem entrar: corre-se o risco de choque no mês seguinte, quando chegar a fatura do Visa. ;-)

~

A fachada no Museu Sherlock Holmes já mostra o 221B

Olho para a esquerda e… Ahn? A placa azul indica “221B BAKER STREET”!

~

Agora vemos mais de perto a fachada do Museu Sherlock Holmes

Mais próximo. O museu ocupa uma parte do prédio da foto anterior. Daqui a pouco, mostrarei a vista de dentro do museu, a partir das janelas indicadas pelas setas.

~

Como é a entrada do Museu Sherlock Holmes

Loja oficial do museu. Aqui, compramos muitas lembranças e tickets para o museu — cuja entrada, veremos daqui a pouco, fica à esquerda desta porta.

~

Glauco na entrada do Museu Sherlock Holmes

Curiosidade: o 221B não existe de verdade na Baker Street.

~

Primeira imagem dentro do Museu Sherlock Holmes

Uau! Dentro da loja!

~

Atriz vive copeira no Museu Sherlock Holmes

Uma atriz faz papel de empregada de Holmes e Watson. (Daqui a pouco, veremos um ator como Watson.)

~

Interior do Museu Sherlock Holmes

~

Interior do Museu Sherlock Holmes, olhando para a porta de entrada

~

Clientes compram no Museu Sherlock Holmes

Momento de comprar os tickets para entrar no museu — ou melhor, no “apartamento” de Holmes e de Watson.

~

Vários artigos à venda no Museu Sherlock Holmes

~

Entrada do Museu Sherlock Holmes, quando o turista usa chapéu típico de Londres

Saímos da loja e entramos na porta ao lado. Agora sim: o apartamento de Sherlock Holmes e Watson! Na entrada, um ator vestido de policial londrino posa para foto com o visitante. O chapéu que uso aqui é emprestado por eles. Começamos a VIVER o clima.

~

O turista vê um aviso na porta do Museu Sherlock Holmes

Aviso na porta.

~

Primeira imagem dentro do Museu Sherlock Holmes, quando subiremos as escadas

Entramos! Primeira imagem lá dentro! Vamos logo subir as escadas para visitar o apartamento!

~

Interior do Museu Sherlock Holmes - mesa de jantar

~

Interior do Museu Sherlock Holmes - mesa de escritório

~

Interior do Museu Sherlock Holmes - lareira

~

Glauco sentado na cadeira de Sherlock Holmes

Clássico: sentar-se na cadeira de Holmes… usando boné, lupa e cachimbo! ;-) Todos os turistas fazem isso. Elementar, meu caro visitante, que eu não ia perder essa!

~

Glauco caracterizado como Holmes, ao lado de ator no papel de Dr. Watson

Um ator (muito simpático) como DR. WATSON. E “Sherlock Holmes” com ele! ;-)

~

Interior do Museu Sherlock Holmes - detalhe de um quarto

~

Glauco ao lado da cama de Sherlock no Museu Sherlock Holmes

Cama de Holmes.

~

Objetos de Holmes vistos mais de perto sobre a cama

De perto, os objetos sobre a cama.

~

Cartas recebidas no Museu Sherlock Holmes

Local das correspondências. Algumas pessoas até hoje escrevem para o endereço da Baker Street. Pensam que Holmes realmente existe!

~

Uma estante no museu.

~

Um engraçado assento (vaso sanitário) no Museu Sherlock Holmes

~

Janela vista por dentro, com mesa na frente.

~

Detalhe da mesa vista na foto anterior.

Detalhe do que apareceu na foto anterior.

~

Produtos químicos guardados em um armário

Armário com produtos para experiências. (Detalhe na foto a seguir.)

~

Produtos químicos vistos mais de perto

~

Lareira e revólver, com Glauco ao lado

Várias peças expostas são referências a histórias de Conan Doyle.

~

Armário com livros, e um guarda-chuva ao lado

~

Itens macabros de histórias do detetive

Na foto a seguir, um detalhe desta, também com peças (macabras) referentes a cenas das aventuras de Holmes.

~

Itens macabros vistos agora de perto

~

Mais itens que saíram das histórias de Holmes

~

Estátua ou busto de Sherlock Holmes no Museu Sherlock Holmes, em Londres

~

Boneco de vodu

~

Como os produtos são identificados no Museu Sherlock Holmes

~

Glauco assinando o livro de visitas do Museu Sherlock Holmes

Caso visite o lugar, não deixe de assinar o LIVRO DE VISITAS. As pessoas inserem nome e país. Deu vontade de assinar DEZ vezes! ;-)

~

Subindo para o segundo andar do Museu Sherlock Holmes

Vamos para o andar superior, onde há bonecos em cenas inspiradas nos livros.

~

Bonecos das histórias: caído

~

Bonecos das histórias: três juntos, incluindo um bêbado

~

Bonecos das histórias: prisioneiro

~

Bonecos das histórias: a assassina, com Glauco no meio

~

Bonecos das histórias: a assassina, com Glauco no meio mostrando o ferimento a bala

~

Bonecos das histórias: Holmes e Watson espiando de cima

~

Bonecos das histórias: Professor Moriarty

Professor Moriarty, o maior inimigo de Holmes.

~

Bonecos das histórias: baile de máscaras, com Irene Adler

~

Bonecos das histórias: mais uma etiqueta de identificação

~

Bonecos das histórias: alguns macabros, com Glauco no meio

Curiosidade: nos livros, Holmes nunca diz a famosa frase “Elementar, meu caro Watson”. Isso foi popularizado no teatro.

~

Bonecos das histórias: personagem sentado à mesa

~

Bonecos das histórias: três ao mesmo tempo

~

Bonecos das histórias: quadro geral de uma sala

~

Bonecos das histórias: close em prisioneiro

~

Bonecos das histórias: outra identificação por etiqueta esclarece os turistas

~

Olhando pela janela, à esquerda, no Museu Sherlock Holmes

Lembra-se das duas janelas apontadas na fachada do prédio? Eis a vista a partir delas. Aqui, olhando para a esquerda…

~

Olhando pela janela, à direita, no Museu Sherlock Holmes

…e olhando para a direita. A seta aponta a loja que mostrei há pouco, no outro lado da rua. Lembra?

~

Glauco pensando na escada do Museu Sherlock Holmes...

Depois de um bom tempo por lá, a gente entra no clima e “se profissionaliza” como detetive. A Scotland Yard me passou um caso, então eu sentei na escada e comecei a raciocinar.

~

Descendo as escadas: fim do passeio no Museu Sherlock Holmes

OK, hora de entrar em ação. Vamos viver uma aventura nas ruas de Londres!

~

O museu funciona todos os dias (exceto no Natal), das 9h30 às 18h.

Como eu já disse, os tickets são comprados na loja oficial ao lado. Adultos pagam 8 libras; visitantes com menos de 16 anos, 5 libras.

O site oficial do museu é www.sherlock-holmes.co.uk. No momento, a loja on-line não está disponível para compra de tickets.

Para localizar o museu no Google Mapas, clique aqui. Aliás, veja, na figura abaixo, uma reprodução de parte do mapa do Google. Note como o Sherlock Holmes Museum e o Madame Tussaud’s (o “Museu de Cera”) ficam muito próximos. Dá para visitar os dois no mesmo dia!

Museu Sherlock Holmes e Madame Tussaud's

Comentários

  1. Luciana diz

    Uau!!! I’m looking forward to see it! Eu tive a oportunidade de visitar o museu o ano passado. Será ótimo rever o museu do seu ponto de vista!
    Um abraço

    ============

    (Comentário transferido do post que anunciava este para breve. Obrigado, Luciana. — GLAUCO)

  2. Luciana diz

    Parabéns, Glauco! Amei o post! Fã como sou do Sherlock Holmes, foi como se eu estivesse voltado ao museu, mas com você guiando a visita.

    Na minha visita, eu fui a pé da estação de trem/metrô Paddington para a Baker Street. Não é tão pertinho, mas valeu a pena, pois a emoção aumentava a cada passo que eu dava. Eu estava pela Marylebone Road, quando eu vi que estava na esquina com a Baker Street, foi um momento mágico!

    À procura do museu, logo vi a estação Baker Street e como você, fui conhecer a estátua do Sherlock Holmes.

    Visitar o museu é como se a Londres da Era Vitoriana existisse hoje, como se estivesse dentro do mundo sherlockiano, uma sensação única que acho que só quem o visita sente.

    Gostaria de compartilhar duas coisas curiosas que vi nas proximidades:
    - O Park Plaza Sherlock Holmes, que é um hotel situado na Baker Street, logo depois de cruzar a Marylebone Road;
    - As paredes internas da estação de metrô Baker Street são decoradas com as silhuetas do grande detetive.

    Estou ansiosa para ler o seu livro Aventura Alucinante, mas infelizmente ainda não tive oportunidade…

    • Glauco diz

      Luciana, seu segundo recado aqui foi uma alegria. Seu jeito de escrever mostra que é uma pessoa culta.

      Que bom eu ter proporcionado uma revisita ao museu! E agradeço por compartilhar conosco suas experiências. Que fiquem como sugestões a quem visitar o local. Eu me esqueci de falar de dentro da estação de metrô; o Park Plaza Sherlock Holmes eu sinceramente não vi, não sabia dele, por isso foi ótimo você nos avisar.

      Se ler o Aventura Alucinante, diga-me depois o que achou. :-) Pode criticar também.

      Abração e — como dizem os slogans de padarias — VOLTE SEMPRE E OBRIGADO PELA PREFERÊNCIA. ;-)

      GLAUCO == TOTH

  3. Mário Soares diz

    Eu já ouvi falar do museu e sempre pensei em conhecer ele, foi muito legal encontrar aqui.

    Curitiba-PR

    • Glauco diz

      Dotô Uótsu, fico muito feliz com sua visita aqui, meu caro companheiro.

      GLAUCO ==> Xerloqui Roumis

  4. Lucas diz

    Nobre Lorde de Toth, Senhor das Charadas Sherlockianas, seu blog está ótimo!

    Grato por compartilhar conosco.

    Your faithful servant,

    Luke the Jap

    • Glauco diz

      Lucas, no exato momento em que pensei “Ei, o post é a cara do Lucas, aposto que virá recado dele”, você estava escrevendo aqui. Fiquei surpreso ao receber a notificação de recado.

      Sua presença aqui é uma honra.

      GLAUCO your Servant

  5. Albani diz

    Parabéns, Glauco!
    O post proporciona a quem conhece o museu, uma viagem alucinante! Fã do seu livro Aventura Alucinante, foi como, se eu, estivesse voltado à história dos seus personagens Tracy, Tiago, Caléu e Priscila. Valeu esperar!Ficou muito legal, mesmo a postagem. O João, diz, que economizou 6 libras, eu queria tê-las gastado, p/ senti essa emoção que vc, sentiu!
    Abraço
    Aalbani

    • Glauco diz

      Albani, que bom você ter viajado para lá! Sempre é essa a minha intenção aqui no TOTH: uma nova visão dos lugares, mostrando, inclusive, coisas diferentes (como a calçada lá fora, o ponto de vista a partir da janela).

      O João não economizou as £6. Depois ele paga pra mim! ;-) ahahah

      GLAUCO == TOTH

  6. Heytor diz

    Vou passar um ano lá a partir de março e esse vai ser um dos primeiros lugares que vou visitar graças a seu blog. Gostei muito.

    Sao Paulo

  7. Albani diz

    Oi Glauco
    Infelizmente, nunca sai do Brasil!Eu viajei, mas com seu livro Aventura Alucinante e através desse post.
    Essa nova visão dos lugares, acredito que, vc tem alcançado, vejo isso através dos comentários, aqui, registrados!
    Parabéns!

    (CORREÇÃO)
    O post proporciona a quem, não conhece o museu, uma viagem alucinante!

  8. diz

    Já te disse uma vez, mas vale repetir: fantástica viagem, Glauco!!! Não posso ir pra lá nem ferrando… a menos que seja sem carteira! XD

    Gde abraço!

  9. Laura diz

    Glauco… O artigo está ótimo!!! Apesar q eu já vi as fotos em seu site a uns anos atrás. Toda vez q as vejo me dá vontade de ir para lá!!! Vê se volta para o Fórum do Sherlock Holmes Brasil, viu?!

  10. Rodrigo Castelan Carlson diz

    A pergunta que ninguém teve coragem de fazer é: A Marilyn Monroe no museu de cera usa calcinha. E o Sherlock Holmes na casa dele usa cueca?

    • Glauco diz

      ahahahahahaha

      Boa, RODRIGO!

      O Rodrigo se refere a um post publicado aqui no TOTH. Para ler, clique aqui.

      Rodrigo, não tinha boneco lá pra eu conferir isso. Mas você pode aproveitar que está bem mais perto da Inglaterra, aí na Grécia, e dar um pulinho lá pra conferir. ;-)

      O perigo é: e se NÃO tiver cueca? ahahah ;-)

      GLAUCO = TOTH

    • Glauco diz

      Albani, muito obrigado pelos parabéns por meu aniversário!!! :-)

      Fiquei muito feliz!!! Enriqueceu meu dia.

      GLAUCO

  11. romulo diz

    valeu mesmo pelo passeio !!! agora toda vez q eu ler e reler rsrs, os detales ficaram muito mais vivos. ahhh como um bom sherlockiano e muito curioso gostaria de saber se o pessoal do museu foi extremamente perfccionista e deixaram marcas de punhal na lareira ? o dr watson descreve em algumas historias q holmes tinha a mania de deixar correspondencia pregadas com um punhal na lareira ( eu sempre imaginei a lareira com algumas marcas ). ahhh eu tambem ñ vi nas fotos e tenho certeza q se tivesse tal coisa vc clickaria a famosa marca na parede o ( v.r ) mas talvez essa o watson tenha mandado consertado rsrsrs . tranks sir glauco

    • Glauco diz

      Hello, Sir Rômulo! :-)

      Rapaz, adorei sua mensagem! Criativa… e me chamou a atenção para a tal marca na lareira. Acredita que eu não vi, não sei se existe isso? Ou… talvez aquele Watson que eu conheci tenha mesmo apagado tudo. ;-) Elementar, meu caro!
      ;-)

      Abraço sherlockiano!

  12. Luciana Müller diz

    Oi.

    Eu queria dizer que vi esse post dias atrás e comprei seu livro Aventura Alucinante, por causa do Sherlock Holmes. E gostei muito, foi uma leitura muito divertida. Parabéns !

  13. Patrícia Simone diz

    Olá Glauco,
    Olha eu lhe visitando novamente … mais desta vez gostaria de saber onde posso comprar seu livro … estou curiosa para ler !!!
    Abraços de sua amiga !!
    Patrícia Simone

    • Glauco diz

      Olá, Patrícia! :-)

      Acho que você se refere ao Aventura Alucinante, certo?

      Ele pode ser comprado em qualquer livraria. Se for on-line, você pode dar uma olhada em saraiva.com.br.

      Abração!

  14. Shirlley diz

    Oláá !!!
    Adooooorei o post !!!
    Gosto tanto que, simplesmente, pra mim Holmes existiu ! Hahaha !!!!
    Quero muito ler Aventura Alucinante, e viajar até esse Museu, mas enquanto isso não acontece, fiquei babando aqui com as fotos ^^
    Abração !!

  15. GISELE diz

    AMEI, CONHECER O MUSEU DO SHERLOCK HOLMES ATRAVÉS DA SUAS FOTOS, FAZ POUCO TEMPO QUE PASSEI A ME INTERESSAR PELAS OBRAS DE SIR ARTHUR CONAN DOYLE, PRINCIPALMENTE AS QUE ENVOLVEM SHERLOCK HOLMES!!
    SINTO COMO SE REALMENTE ELE TIVESSE EXISTIDO!!!
    ABRAÇO!!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.